Saiba como decorar o espaço social do seu prédio com estilo e durabilidade - Dicas, Aprenda Como fazer, Tutorial e Livros.

Tutomania - Dicas, Aprenda Como fazer, Tutorial...

Login:
Senha:
Salvar |  Cadastre-se

 

Home | Arquivo | Envio | Jogos Online | Política de Privacidade | Contato

NAVEGAÇÃO

«« Anterior Próximo »»

LINKS PATROCINADOS

ACESSO RÁPIDO

  Todos os Destaques
  Os Mais Acessados
  Ultimos enviados
  Jogos
  Enviar um Artigo

CATEGORIAS

  Animais (528)
  Arte e Cultura (2371)
  Casa e Propriedade (148)
  Ciência e Tecnologia (1070)
  Comércio (46)
  Concursos (93)
  Conhecimentos Gerais (949)
  Culinária e Gastronomia (690)
  Diversos... (511)
  Economia (114)
  Eletrônicos (559)
  Esportes (104)
  Fotografia (58)
  Games (813)
  Governo (34)
  Indústria (21)
  Informática (2222)
  Internet (267)
  Lazer / Diversão (123)
  Legislação (167)
  Multimídia (226)
  Natureza (70)
  Saúde (562)
  Ser Humano e Sociedade (1001)
  TuTo GaMeS! (207)
  Utilidade Pública (105)
  Veículos e Transporte (127)


[+] Índice completo...

PENSAMENTO DA VEZ

A ausência de amor em nossa vida é o que a faz parecer grosseira e mal-acabada. O amor é a asa que Deus deu à alma para que ela possa subir até ele.
Pensamento Budista

ANUNCIOS

Casa e Propriedade / Decoração

Saiba como decorar o espaço social do seu prédio com estilo e durabilidade


DOCUMENTO:


ESTATÍSTICAS:

Comentários: 0 (Comentar)
Nota: (Dar Nota)
Valor: 10 crédito(s)
Enviado por: marciobmmorais (2069)
Publicado em: 21/11/05 22:39hs.

LINKS PATROCINADOS:

DOCUMENTO:

Valorize o hall do seu condomínio

O hall é o cartão de visitas de um prédio. Mas os moradores acabam se deparando com halls entregues sem acabamento ou espaços decorados que não agradam a todos. Por isso, muitos edifícios têm adotado a escolha - feita por todos os moradores - de um projeto diferenciado para esse ambiente.


Um hall caprichado, bem decorado, com móveis de qualidade, valoriza o apartamento. Boa parte das incorporadoras não entrega as áreas comuns (hall, salões de festas, jogos e ginástica) decoradas. E, muitas vezes, não agrada a maioria dos moradores.


Há moradores que preferem uma decoração moderna; outros fazem questão de peças clássicas. A decoração do hall pode se transformar em motivo para discussões entre os condôminos.


A solução ideal é a contratação de um arquiteto ou decorador que terá vários projetos de decoração. Dependendo do acordo feito entre o condomínio e o arquiteto ou decoradore, eles podem fazer um projeto a custo zero ou então, cobrar um valor fixo por ele. Normalmente, o projeto consiste de uma planta baixa do ambiente, desenhos em perspectiva e um orçamento com preços especificados por itens. Esses projetos são então submetidos a uma votação entre os moradores, e o mais votado é o escolhido. Esta é a solução, normalmente mais bem-aceita do que montar uma comissão de moradores que faria a decoração. O trabalho feito por um grupo de condôminos sempre vai gerar queixas


Escolhido e detalhado o projeto e trabalhando dentro do orçamento do condomínio. O ideal é apresentar fotos ou desenhos mais específicos dos móveis a serem utilizados, amostras de tecidos e texturas de parede, para que não haja dúvidas sobre o serviço a ser prestado. ?Tente ilustrar ao máximo o projeto, com fotos e amostras de materiais, porque em condomínios estamos trabalhando para muita gente?.


Há uma unanimidade entre arquitetos e decoradores: halls de entrada devem ser decorados com poucos elementos e sem muitos modismos. O hall não é uma sala de visitas. Ele não pode ser comprometedor no gosto. Poucos itens, neutros e de linhas clássicas e eternas, O hall é um espaço que não pode ficar ultrapassado. Senão, os anos passam e ele fica com cara de que não foi usado e ficou deteriorado?


O hall não pode parecer à casa de ninguém: ?Tem que ser um ambiente austero, porém que as pessoas achem bonito. É um local de passagem, e não para ficar. Uma das exigências mais comuns entre os condôminos é ter um hall que fique sempre em ordem, sem a possibilidade de virar bagunça. Alguns moradores chegar a pedir um hall onde não haja nenhum assento.


A escolha dos móveis e materiais

Se o hall do seu condomínio já dispõe de móveis, pesquise se vale a pena aproveitar alguma peça. Um estofado em bom estado às vezes pode ser restaurado por um tapeceiro e se adequar a um novo projeto de decoração.


Muitas construtoras entregam os halls com apenas um estofado, um quadro ou um vaso de plantas e isso não é um projeto de decoração, o grande segredo para decorar um hall é adequar a decoração à necessidade do espaço. ?Se um hall é muito grande, não adianta apenas colocar num canto um espelho com aparador?.


Ao invés de encher o hall de móveis, soluções arquitetônicas criadas por profissionais costumam resolver bem os ambientes. Por exemplo, painéis de madeira forrando as paredes aquecem e dão aconchego ao local; texturas nas paredes também ajudam a colorir o ambiente e são mais duráveis; lambris, biombos ou pinturas especiais podem disfarçar portas ou acessos de garagem. Esse tipo de solução, inclusive, diminui a incidência do uso de quadros. Hoje, as telas estão mais acessíveis. Porém, é difícil agradar a todos os moradores em relação ao estilo do quadro. Os abstratos, bem coloridos, costumam ser os mais usados.


A escolha de materiais deve ser criteriosa na decoração de halls. Os revestimentos de estofados precisam ser resistentes. As camurças sintéticas cederam lugar para o couro. Há opções mais baratas do que o couro natural. O couro sintético nacional, disponível em várias cores, e que tem melhor relação custo-benefício?. Outra opção é o chamado couro ecológico, mais caro que o sintético, porém com toque mais próximo ao tecido. Na opinião de designers e decoradores, estão em alta tecidos como chenile, algodão, veludo, linho e tecidos mistos (de algodão com seda, linho ou viscose, por exemplo), sempre com a proteção de teflon ou scotchgard (produtos que deixam o tecido impermeável a líquidos). Cores que disfarçam a sujeira, como os tons de terra, estão entre as preferidas.


Já em relação aos móveis, é raro encontrar um hall que não ostente uma dupla de aparador com espelho. ?O aparador funciona bem em um local de passagem, servindo de apoio para um arranjo ou escultura, e o espelho dá amplidão?. Para os aparadores, pode-se escolher entre madeira, mármore, alumínio, ferro. Os bancos também são uma ótima opção para halls: com design moderno e, geralmente, estrutura de madeira, eles são menos confortáveis que um sofá ou poltrona, por exemplo, diminuindo a chance de que alguém se instale nele por muito tempo.


Para os salões de festas, deve-se optar por móveis que sejam de fácil manuseio e transporte. ?Mesas que possam ser agregadas ou separadas e cadeiras empilháveis são ideais?. Uma boa opção é usar mesas quadradas de 70 cm com bases de colunas tubulares e tampos em madeira (tratados com verniz poliuretano para maior durabilidade). Tampos de cristal ou mármore tornam as mesas pesadas e de difícil locomoção, assim como bases de mármore ou cimento.


Conforme o tamanho do salão, é possível também fazer uma área de estar com estofados. ?Normalmente, os prédios só usam os salões para a realização de festas. Mas, há uma tendência apontando para o uso diário deste espaço. Pelo problema da falta de segurança nas grandes cidades, o ideal é os condomínios liberarem ao máximo as áreas de uso comum, principalmente para as crianças?,

VEJA TAMBÉM:

COMENTÁRIOS:

Este documento não possui comentários. Prestigie quem o enviou e comente.

Comentar:

Título:
Autor:   Anônimo (Efetue login para comentar identificado)
Comentário:    

OPÇÕES

ENTRE COM SEU LOGIN E SENHA

Olá visitante! Para interagir com este documento, você precisa estar logado.

Login:
Senha:  
Salvar Dados  |  Cadastre-se!

O cadastro é gratis! É muito fácil e rápido fazer o seu cadastro.

Home | Termos de Uso | Sobre o Tutomania | Publicidade | Contato
2005 - 2013 ® Tutomania.